Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Andropausa: entenda o que é e como identificar

andropausa
FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Que tal ouvir esse texto? É só clicar no player e aproveitar!

A Andropausa, chamada popularmente de “menopausa masculina”, é a redução na produção do principal hormônio masculino, a testosterona. Segundo pesquisas científicas, 33% dos homens acima dos 60 anos sofrem desse distúrbio hormonal.

Caracterizada pela diminuição lenta e gradual da testosterona no sangue, que é o hormônio responsável por controlar o desejo sexual, a ereção, a produção de espermatozoides e a força dos músculos, geralmente, a andropausa surge por volta dos 50 anos.

>>> Saiba mais sobre a importância da testosterona para saúde masculina

Parecida com a menopausa, causa sintomas como redução do desejo sexual, perda de massa muscular e alteração de humor, por exemplo. A Andropausa não chega a atingir grande parte da população masculina, assim como ocorre com as mulheres, em que a incidência de menopausa é bem maior.

No entanto, os efeitos da Andropausa prejudicam a qualidade de vida dos homens e afetam sua saúde sexual. Descubra neste artigo quais são os principais sintomas e efeitos da Andropausa, como é realizado o diagnóstico e qual é o tratamento mais utilizado.

Sintomas da Andropausa

  • Indisposição;
  • Tendência a se cansar facilmente;
  • Queda de cabelos;
  • Diminuição da libido;
  • Dificuldades de ereção;
  • Alterações de humor;
  • Irritabilidade;
  • Fadiga;
  • Perda de massa muscular;
  • Calor excessivo;
  • Acúmulo de gordura, especialmente na região abdominal;
  • Pode ocorrer anemia e perda de massa óssea.

Diagnóstico de Andropausa

A melhor maneira para diagnosticar a andropausa e calcular a dosagem de testosterona é com exame de sangue. Com este exame podem ser identificados os níveis baixos deste hormônio que caracterizam a andropausa.

Também é importante realizar outros exames para anular possíveis causas de testosterona baixa, como, por exemplo, dosagem de hormônios relacionados à função da tireoide.

andropausa

Tratamento para Andropausa

O tratamento, desde que conduzido por profissionais especializados, baseia-se na aplicação de doses de testosterona no paciente. E, se necessário, de outros hormônios através de injeções, géis ou mesmo adesivos.

Entretanto, há alguns casos em que esse tratamento é mais difícil, por exemplo, quando o paciente tem apneia do sono, câncer de próstata, insuficiência cardíaca ou epilepsia.

Por isso, o homem deve consultar o médico regularmente, principalmente após os 50 anos, para identificar se a andropausa está o afetando e o especialista analisar o melhor tratamento a ser seguido.

É importante salientar que a reposição de hormônios não irá aliviar por si só os sintomas, sendo necessário também uma mudança de hábitos.

Mudança de hábitos

Como os homens podem sofrer perda de massa muscular e acúmulo de gordura na região abdominal, o ideal é manter a alimentação sempre saudável. Pois o excesso de peso pode agravar a deficiência do hormônio masculino. Já o emagrecimento, ajuda a normalizar os níveis de testosterona.

A prática regular de exercícios físicos e o descanso necessário com boas noites de sono também são aliadas do tratamento para Andropausa. Além disso, essas mudanças de hábitos irão auxiliar sua qualidade de vida de modo geral.

Mas não esqueça, se identificar alguns dos sintomas relacionados à Andropausa, procure um médico e realize um exame de sangue para identificar. Quando não tratada, ela pode aumentar a possibilidade do homem ter outras doenças, como anemia e osteoporose.

Quer retomar seu desempenho sexual?

Durante a Andropausa, é comum os homens terem perda de libido (desejo sexual) e sofrerem de disfunções sexuais, como impotência sexual. Mas é possível ter seu desempenho sexual de volta com um tratamento eficaz e seguro, totalmente voltado para resolver problemas de impotência sexual.

Veja como funciona o SPRAY SUBLINGUAL ou faça uma Avaliação Médica Gratuita para descobrir o melhor tratamento para seu caso.

INICIAR AVALIAÇÃO MÉDICA GRATUITA

Loading

Dúvidas sobre saúde sexual

Você tem alguma outra dúvida que gostaria que eu respondesse? Deixe no comentário sua pergunta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *