Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Como identificar se tenho disfunção erétil? Descubra os sintomas

como identificar se tenho disfunção erétil

“Como identificar se tenho disfunção erétil?” Você já se fez essa pergunta? Então precisa conferir esse artigo!

Entender melhor quais são os sintomas da disfunção erétil e seus fatores de risco fará com que, caso seja o caso, você identifique o problema rapidamente e procure ajuda médica para retomar seu desempenho sexual sem dificuldades. Quanto antes descobrir e tratar a disfunção erétil, melhores serão os resultados para sua performance na cama.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Como ocorre a ereção?

A ereção é uma reação do corpo em resposta a estímulos ou excitação sexual. O homem não pode ter uma ereção simplesmente porque quer tê-la. É necessário que uma série de partes do organismo trabalhem em conjunto para que ela ocorra.

O estímulo ou excitação sexual faz com que o cérebro, os nervos, o coração, os vasos sanguíneos e os hormônios trabalhem juntos para aumentar rapidamente a quantidade de sangue fluindo para o pênis.

Todo esse processo em conjunto precisa ocorrer para que o homem consiga alcançar a ereção e mantê-la durante o ato sexual. Se houver algum tipo de interferência nesses fatores, por exemplo, muita ansiedade ou problema de circulação sanguínea, o homem terá dificuldades em ter ou manter a ereção.

Dependendo da gravidade da interferência e se ela for constante ou não, essa dificuldade será passageira ou será frequente, caracterizando assim a disfunção erétil.

O que é Disfunção Erétil

A Disfunção Erétil é popularmente conhecida como IMPOTÊNCIA SEXUAL. É diagnosticada quando o homem tem, frequentemente, alguma dificuldade para ter ereção ou para manter o pênis endurecido e que permita a penetração e uma relação sexual satisfatória.

Sintomas da Disfunção Erétil

  • Dificuldades de alcançar a ereção.
  • Ereção é mais fraca ou menos rígida.
  • As ereções espontâneas pela manhã são menos frequentes ou não existem mais.
  • Chega ao clímax em menos tempo ou com uma ereção incompleta.
  • Perda de ereção com a mudança de posição.
  • Não consegue mais satisfazer sua parceira ou seu parceiro.
  • Impotência ocorre com frequência.

Entenda melhor alguns dos sintomas da disfunção erétil

Frequência com que a dificuldade de ereção ocorre

É importante identificar a frequência com que acontecem problemas de ereção em suas atividades sexuais. Você pode estimar uma média sobre essas dificuldades.

Por exemplo, se a cada quatro relações sexuais, a dificuldade aparece uma vez, já é um indício negativo. Se esse quadro ocorre por mais de um mês, é um dos principais sintomas da disfunção erétil e deve-se procurar orientação médica.

Não conseguir ereção em certas posições

Se sente dificuldades em ter ereção, em mantê-la ou, simplesmente, se não consegue ereções em certas posições, já são indicativos de que algo está ocasionando o problema. Portanto, se ao tentar uma posição sexual diferente ou, mesmo uma relação com outra/o parceira/o, apresentar dificuldades na ereção, é o momento para realizar uma Avaliação Médica.

A avaliação irá identificar se há ou não outros sintomas de disfunção erétil e, se for o caso, se necessita começar o tratamento. Como ocorre com outras doenças, o quanto antes a disfunção erétil for identificada e tratada de forma correta, com medicamento que realmente seja eficaz, maiores são as chances de cura e de o homem retomar seu desempenho sexal sem dificuldades.

Ejaculação precoce

Ejaculação muito rápida ou durante uma ereção parcial pode ser indício de problemas de ereção. Sempre fique atento ao tempo que demora após a penetração para atingir o orgasmo. Se esse tempo for de um minuto ou menos, deve-se tomar cuidado e procurar orientação médica.

Em casos mais sérios de ejaculação precoce, o orgasmo ser atingido antes mesmo da penetração. Tanto ejaculação precoce quanto disfunção erétil têm tratamento médico, que é mais eficaz se o homem começá-lo logo que identifica os problemas de ereção e/ou ejaculação precoce.

Curvatura anômala do pênis

É comum o pênis apresentar uma leve curvatura, mas quando essa curvatura causa dor ou dificuldades sexuais, é um problema. Um pênis pode apresentar curvatura fora do normal por causa de lesões, sejam na atividade sexual, no trabalho ou em acidentes diversos.

Outra causa da curvatura anômala pode ser a Doença de Peironye. Homens com essa doença geralmente apresentam problemas de disfunção erétil. Para identificar se a curvatura poderá ser ou não um problema (e sintoma dessa doença), é importante prestar atenção em seu desempenho sexual e no corpo do pênis. Se notar algo fora do normal, é importante procurar orientação de seu médico.

Fatores de risco da disfunção erétil

Ter algum ou alguns dos fatores de risco da disfunção erétil e apresentar alguma dificuldade de ereção é forte indicativo de que você poderá desenvolver o problema. Os principais fatores de risco são:

Avaliação Médica Gratuita para identificar Disfunção Erétil

Se identificar alguns destes sintomas da disfunção erétil, faça nossa AVALIAÇÃO MÉDICA GRATUITA. E descubra se realmente tem a disfunção e qual é o tratamento mais indicado para o seu caso. A avaliação é feita então por um médico especializado na saúde masculina e garante que você tenha o medicamento mais indicado para seu problema, caso tenha alguma dificuldade de ereção. Além disso, aproveite para deixar sua opinião aqui!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *