Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

5 curiosidades sobre chocolate e sexo

chocolate e sexo

Você já se perguntou porque chocolate e sexo geralmente são associados? Por que o chocolate é considerado afrodisíaco? Para descobrir, leia nosso artigo!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Como no dia 26 de março é comemorado o Dia do Cacau, principal matéria-prima para a produção do chocolate, reunimos neste artigo 5 curiosidades sobre chocolate e sexo para você entender porque geralmente eles estão associados.

#1 – Chocolate e prazer a dois

O chocolate está entre os mais conhecidos e saborosos alimentos afrodisíacos, ou seja, ele é capaz de estimular o desejo sexual. O cacau, principal ingrediente do chocolate, é considerado um afrodisíaco natural desde as culturas mais antigas. Estudos científicos também já confirmaram que o chocolate é capaz de aumentar o desejo sexual.

#2 – Chocolate e Sexo

Você sabia que as substâncias que explicam as sensações de bem-estar, tanto no chocolate como no sexo, são quase idênticas?

Neurotransmissores do chocolate e sexo

O chocolate costuma ser associado ao prazer sexual porque possui compostos que proporcionam dopamina, serotonina e feniletilamina. Eles são neurotransmissores que oferecem sensações de bem-estar, prazer, felicidade e afastam a ansiedade.

Essa tríade de substâncias também é alcançada quando se está apaixonado e/ou durante o orgasmo. Só que as relações sexuais proporcionam esses neurotransmissores em quantidades bem superiores e mais duráveis no organismo do que quando se consome chocolate.

A sensação oferecida pelo doce, apesar de ser parecida, não substitui o prazer atingido no ato sexual. A ingestão de chocolate pode aumentar a concentração de feniletilamina e serotonina no sangue, mas dificilmente atingirá o patamar de prazer e bem-estar proporcionado durante o orgasmo.

Leitura recomendada: Como aumentar o desejo sexual: dicas para homens com mais de 60 anos

#3 – A química do chocolate

Química do chocolate

O chocolate é um estimulante natural para o sexo por ser capaz de aumentar no organismo a produção de neurotransmissores diretamente relacionados ao prazer sexual, como dopamina, serotonina e endorfina.

O doce também é fonte de magnésio, mineral que contribui para o relaxamento e, consequentemente, melhor aproveitamento das relações íntimas.

Sua versão com mais cacau é também mais poderosa para o aumento da libido. Isso porque dessa forma contém mais feniletilamina, um componente popularmente conhecido como “hormônio da paixão”.

Além disso, os chocolates também possuem L-arginina, um aminoácido que pode potencializar o desejo de forma eficaz para homens e mulheres.

#4 – Pesquisa sobre chocolate e sexo

Uma pesquisa confirmou o que algumas pessoas já desconfiavam: a maioria das mulheres prefere desistir do sexo, do que do chocolate.

O estudo, realizado com 2.000 pessoas em todo Reino Unido, descobriu que 22% das mulheres não conseguem viver sem chocolate.

Por outro lado, quando o assunto era sexo, apenas 9% do público feminino informou que a relação sexual era a coisa mais difícil de abandonar.

Entre os homens, um em cada cinco entrevistados – 22% – não conseguiriam ficar sem sexo. Mais que o dobro das mulheres.

E você, entre chocolate e sexo, preferiria desistir de qual? Ou não abre mãos de nenhum dos dois? Nos responda nos comentários aqui do blog.

#5 – O cacau como afrodisíaco na História

Como você provavelmente já sabe, um dos primeiros povos a utilizarem o cacau foram os Astecas. O cacau tinha um imenso valor simbólico na culinária dessa cultura e era um item raro e de luxo. Começava ali, nos relatos da civilização asteca, a associação entre chocolate e sexo. Conforme explica a revista Super Interessante em uma matéria sobre o assunto.

Durante o Império Asteca, historiadores relatam que bebidas que misturavam o cacau com outras especiarias eram utilizadas para aumentar o desejo sexual e melhorar a performance dos homens.

Contudo, o principal uso da bebida era pelos guerreiros da civilização para obterem energia. Além disso, esse tipo de bebida também era oferecida aos deuses.

Mas foram os espanhóis que contribuíram para a divulgação do cacau para o resto do mundo.  Isso após eles “descobrirem” a fruta e bebida utilizada pelos Astecas e Maias.

Já a fama do chocolate ser afrodisíaco aumentou principalmente devido à corte e aristocracia francesa, lá pelo século XVII durante os reinados dos Luíses.

Os séculos se passaram e o chocolate alcançou seu status de um dos doces mais populares do mundo. E mesmo com o passar do tempo, suas associações com noites de prazer a dois não o abandonaram.

Na verdade, há quem diga que as diferentes combinações de chocolate e sexo, amplamente difundidas, só fez aumentar a sua fama.

#Dica extra

É importante ressaltar que os efeitos afrodisíacos podem ser observados com os chocolates que possuem maior concentração de cacau e que não tenham tanto açúcar ou outros componentes. Também não é recomendado o consumo excessivo de chocolate.

Mas nada impede de você utilizar o chocolate com criatividade em uma noite especial com seu par. Tudo para intensificar o prazer de vocês dois.

E você já conhecia todas essas curiosidades sobre chocolate e sexo? Deixe seu comentário aqui no artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *