Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

10 sinais de que ficar sem fazer sexo faz mal à saúde

ficar sem fazer sexo

Você sabia que ficar sem fazer sexo pode ser prejudicial à saúde?

Essa afirmação pode ser uma surpresa para alguns e apenas uma confirmação para quem já está sentindo os efeitos dessa abstinência.

Em tempos de pandemia, quarentena e isolamento social, muitas pessoas têm experimentado essa experiência – atualmente necessária.

Até mesmo para os casais com relacionamentos sólidos, médios períodos também podem afetar na vida a dois e na vida particular de quem acaba por ficar sem fazer sexo.

Embora naturalmente sejamos levados a pensar em sintomas físicos, muitas questões psicológicas também podem se apresentar.

Então, levantamos 10 efeitos que a falta da prática sexual causa à saúde como um todo.

Continue neste post para identificar se o seu corpo tem demonstrado algum desses sinais.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

1. Mal estar

O mal estar físico é uma das características que a falta de atos sexuais podem causar ao corpo. O motivo disso é que essa atividade libera hormônios como a endorfina e a serotonina, muito conhecidos como analgésicos naturais.

Por isso, algumas queixas como dores de cabeça, náuseas, dores pelo corpo, perda de flexibilidade e outros incômodos podem ocorrer com mais frequência.

Leitura sugerida: Saiba porque o orgasmo faz bem à saúde

2. Ficar sem fazer sexo é ruim para a pele

Exatamente, a inatividade sexual é um grande adversário de uma pele saudável.

Isso porque o sexo ajuda no aumento da oxigenação do corpo e da circulação sanguínea.

Logo, a queda desses estímulos reflete nitidamente na maciez da pele.

Nesse mesmo sentido, a transpiração que ocorre durante uma transa auxilia (e muito) na limpeza da pele, evitando espinhas, acne e outras impurezas.

Veja também: Atividade física traz diversos benefícios para saúde sexual masculina

3. Perda de desenvoltura

Alguns especialistas concordam que ficar sem fazer sexo pode atrapalhar no desempenho sexual.

Principalmente porque, para algumas pessoas, a falta dessa atividade pode influenciar em questões como a excitação, a lubrificação, a libido e outros fatores super importantes.

Saiba mais: Você conhece os problemas que afetam o apetite sexual do homem? Descubra as principais causas e como recuperar sua libido!
Melhorar desempenho sexual: os 5 segredos para uma vida sexual mais ativa e feliz

4. Ficar sem fazer sexo causa mal humor e estresse

O orgasmo é um excelente estimulante e ativador de endorfina, dopamina e ocitocina. Conhecidos como hormônios da felicidade, bem-estar e do amor, essas substâncias agem de modo quase instantâneo no organismo, deixando homens e mulheres animados, bem humorados e felizes.

Por outro lado, transar também é um meio de liberar tensão.

Nesse sentido, ficar sem fazer sexo é um meio de acumular estresse e ninguém quer isso, certo?

Então, para aliviar essa irritação a receita é simples e prazerosa!

Conteúdo extra: 10 benefícios do sexo para a sua saúde

5. Unhas e cabelos frágeis

O sexo auxilia no funcionamento perfeito de todo o corpo. Além de promover a atividade de incontáveis músculos, membros e órgãos, os hormônios liberados antes, durante e após o  ato sexual fazem toda a diferença no organismo.

Por isso, quando alguma coisa não vai bem o corpo logo dá sinais, como a queda de cabelos ou o enfraquecimento das unhas.

Se você notou algum desses indícios por aí, pode ser falta de sexo!

6. Autoestima abalada por ficar sem fazer sexo

Devido os hormônios da felicidade e bem-estar ativados durante o orgasmo, ficar sem fazer sexo abala questões como a autoestima e a segurança de homens e mulheres.

A prática sexual está diretamente ligada ao desejo e à libido, portanto, não transar traz uma sensação de recusa ou rejeição que acontece inconscientemente.

Nesse sentido, quanto mais ativa a vida sexual, maior é a autoestima e a segurança dos casais.

Esse conteúdo pode te interessar: Falta de libido e impotência sexual: qual a diferença?

7. Desregulagem do sono

A ocitocina é uma substância que também tem como função a regulagem do sono.

Desse modo, ficar sem fazer sexo é uma maneira de interromper o fluxo desse hormônio no organismo.

O resultado disso pode ser insônia, noites mal dormidas, cansaço em excesso e outras dificuldades para dormir.

8. Baixa imunidade pode estar relacionada a ficar sem fazer sexo

Pesquisadores de uma universidade da Pensylvânia identificaram em estudos que quem pratica sexo regularmente – pelo menos 2 vezes por semana – pode ter 40% mais Imuglobina A no organismo que outras pessoas.

Essa porcentagem “extra” significa um sistema imunológico mais forte e protegido contra a invasão de vírus e bactérias.

Portanto, já sabe, né? Vitamina C e namorar são tudo de bom e, de fato, ficar sem fazer sexo pode ser muito ruim para a saúde.

9. Queda na qualidade do sêmen

A maioria dos homens sabe que ficar sem fazer sexo por alguns dias faz com que a quantidade de sêmen aumente.

No entanto, longos períodos sem a prática sexual tem efeito contrário. O volume de esperma pode reduzir consideravelmente. Uma possível consequência disso é a impotência sexual.

Logo, quanto maior a frequência de relações sexuais, mais saudável o sêmen!

Leia também: Prender ejaculação, pode?

10. Desinteresse pela vida social

O sexo é, dentre outras, uma atividade que libera endorfina. Esse hormônio está relacionado à sensação de felicidade. É ele que ativa a necessidade de interação com outras pessoas, de compartilhar esse sentimento.

Por isso, ficar sem fazer sexo torna pessoas gradativamente anstissociais e reclusas.

Com tantas evidências de que o sexo é um excelente exercício físico e cheio de benefícios psicológicos e sentimentais, é fácil perceber que ficar sem fazer sexo pode ser muito ruim.

Então, ao notar alguns desses sintomas, seus “contatinhos” deverão ser ativados!

Mas lembre-se de sempre se proteger, usar camisinha e manter sua avaliação de saúde em dia. Isso garantirá uma vida sexual de qualidade para você e suas parceiras e parceiros.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *