Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

7 mitos e verdades sobre ejaculação precoce

mitos e verdades sobre ejaculação precoce

A disfunção erétil é um dos problemas mais comuns que afetam a saúde sexual masculina, sobretudo na terceira idade. Mas outra disfunção que é bastante comum – e infelizmente ainda é um assunto considerado tabu – é a ejaculação precoce, que pode ocorrer em qualquer etapa da vida dos homens.

Por ser vista como um tabu, muitas vezes o público masculino não busca resolver essa situação, acreditando que pode administrá-la sozinho. E, muitas vezes, isso acaba agravando o problema, causando ainda mais desconforto, frustração e infelicidade na vida a dois.

Por isso, neste post vamos abordar algumas das crenças e verdades que existem sobre a ejaculação precoce – afinal, a informação é um dos grandes aliados contra essa condição. Acompanhe!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

7 mitos e verdades sobre ejaculação precoce

1. Certos alimentos podem causar ejaculação precoce

Mito. Até hoje, não há pesquisas que provem que existem alimentos que causam algum efeito na ejaculação precoce. No entanto, como uma alimentação saudável costuma beneficiar nosso físico e nosso psicológico, é bom sempre cuidar dela e mantê-la em dia para que ela colabore com o funcionamento do nosso corpo.

2. Ejaculação precoce é um problema psicológico

Verdade. Isso não significa que essa disfunção é “frescura” ou que basta você “fazer um esforço” para não tê-la. Mas, muitas vezes, a ejaculação precoce está relacionada à ansiedade na hora do ato sexual. É por isso que é muito comum que ocorra nas primeiras relações com uma nova parceira ou depois de um período de “abstinência”.

É importante ressaltar aqui que não existe um “tempo mínimo” para a relação sexual ser considerada normal. Ejaculação precoce é aquela que ocorre sem a vontade do homem, seja antes ou durante a penetração. Um critério que pode ser usado, contudo, é se atrapalha a vida do homem. Se a resposta for sim, é um bom indicativo para buscar um médico.

Quer saber mais? Então leia: Ansiedade e ejaculação precoce: entenda de uma vez por todas qual a relação

3. Ejaculação precoce está relacionada à idade

Depende. Muitos homens que possuem ejaculação precoce a tem como uma condição crônica. Em outras palavras, ela não surge necessariamente em determinada idade. Alguns homens sempre a tiveram, e não deixam de ter com a idade. E, como citamos anteriormente, às vezes, se não tratado, o problema se torna ainda pior. Nada impede, por exemplo, que um mesmo homem tenha disfunção erétil e ejaculação precoce.

4. Ejaculação precoce tem cura

Depende. Na verdade, considera-se que a ejaculação precoce é administrável. Isso porque muitos homens que sofrem com ela tem uma predisposição a esse problema. Mas, como dissemos, há muitas formas de buscar soluções para isso, como medicamentos que podem retardar a ejaculação.

Entretanto, é essencial ter em mente que o remédio não deve ser tomado para sempre, e geralmente é apenas uma etapa do tratamento para auxiliar o homem a sentir mais segurança para tentar outras formas de ter uma vida sexual mais satisfatória.

Por exemplo, praticar sexo oral na parceira pode ser uma forma de deixá-la mais excitada antes da penetração. Outra alternativa é procurar posições que não estimulem tanto a parte mais sensível do pênis.

Além disso, é fundamental que o homem busque tratamentos psicológicos como terapia. Nos casos mais graves, pode ser necessário o uso de antidepressivos.

5. Estresse pode causar ejaculação precoce

Verdade. Quando sentimos estresse, o prazer na hora da relação costuma diminuir, e os estímulos e a sensibilidade aumentam, elevando a possibilidade de ter uma ejaculação precoce.

6. Masturbação pode levar à ejaculação precoce

Mito. As diferentes formas que os homens usam para se masturbarem pouco têm a ver com a ejaculação precoce. Pesquisas apontam que homens que sofrem com essa disfunção se masturbam da mesma forma que outros, e que a sensibilidade do pênis se mantém a mesma.

7. Usar preservativo ajuda a controlar a ejaculação precoce

Mito. Esse método não resolve a situação. Mesmo que o preservativo utilizado tenha substâncias anestésicas, durante a relação sexual não há comprovação de que possa retardar suficientemente a ejaculação.

Leia mais: 8 dicas para controlar a ejaculação

Agora que você sabe mais sobre mitos e verdades sobre ejaculação precoce, não espere mais! Realize nossa Avaliação de Saúde Gratuita Online e veja se está apto para fazer algum de nossos tratamentos.

E para seguir se informando, visite o blog da UroClinic Telemedicina e confira outros artigos exclusivos que preparamos para você!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *