Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Saiba porque o orgasmo faz bem à saúde!

sexo faz bem à saúde

Assim como o sexo, o orgasmo faz bem à saúde; você sabia disso?

Alguns estudos já revelaram que o sexo é o único exercício capaz de estimular todos os músculos do corpo, que ao todo somam 657.

É também em uma noite a dois que os casais conseguem queimar em média 250 calorias; mas esse valor pode subir consideravelmente nos dias de maior inspiração, em que é possível perder até 850 calorias.

Saiba mais: 10 curiosidades sobre sexo que você nem desconfiava

Considerando tudo isso, dá pra imaginar em níveis hormonais e corporais quanto o orgasmo faz bem à saúde, não é mesmo?

Por isso, esse post é uma oportunidade de que tenha acesso a uma lista de alguns dos principais benefícios que essa explosão de sensações pode proporcionar a você e sua parceira(o).

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Orgasmo e seus hormônios

As sensações causadas durante e após o sexo e o orgasmo ocorrem não só pelo contato físico, mas principalmente pelas liberações e reações hormonais em nosso organismo.

Dentre os principais ativos que reagem antes, durante e depois do momento máximo do prazer estão:

  • Acetilcolina – é liberada por uma reação do sistema nervoso no momento de excitação que precede o orgasmo;
  • Noradrenalina – provoca a contração dos vasos sanguíneos durante o orgasmo, logo antes da ejaculação;
  • Ocitocina – popularmente chamado de hormônio do amor;
  • Endorfina – o responsável pelo sentimento da felicidade (tanto este quanto o hormônio anterior podem se manifestar até 5x mais potentes durante o orgasmo do que em outras situações comuns do dia a dia);
  • Noradrenalina – é o que causa a sensação de relaxamento após o ápice dos momentos a dois;
  • Dehidroepiandrosterona e Estradiol – são elementos que aumentam durante o orgasmo e são super positivos para cabelos e pele;
  • Cortisol – esse hormônio é responsável pelo estresse e, por isso, o orgasmo atua como um vilão para ele, diminuindo sua produção;
  • Estrogênio – nas mulheres, o orgasmo faz bem à saúde do coração, pois o orgasmo aumenta consideravelmente os níveis desse importantíssimo hormônio feminino;
  • Estradinol – é outro elemento que tem produção elevada durante o orgasmo e é um dos responsáveis por deixar as mulheres ainda mais atraentes e menos estressadas.

Pois bem, estamos falando de uma explosão química e de hormônios!

Sabendo de tudo isso, aposte no sexo também como uma maneira de dar aquele carinho generoso ao nosso organismo, estimulando a elevação de diversos elementos muito benéficos à nossa saúde.

Leia também: Descubra quem são os inimigos da testosterona
Hábitos que reduzem o nível de testosterona e dicas para estimular a produção do hormônio naturalmente
Falta de libido e impotência sexual: qual a diferença?

Quer saber exatamente como esses benefícios acontecem? Veja a lista abaixo.

De quais maneiras o orgasmo faz bem à saúde

  1. A duração média de um orgasmo é de apenas 8 a 10 segundos;
  2. Essa reação orgânica gera até 244 milivolts de descarga elétrica no corpo; 
  3. O orgasmo faz bem à saúde psicológica – muito mesmo;
  4. Além de ser considerado o ápice do prazer, seus benefícios físicos são diversos, dentre eles:
  5. Durante o orgasmo ocorre maior oxigenação do cérebro e aumenta o bombeamento sanguíneo;
  6. Estudos comprovam que o orgasmo faz bem à saúde e auxilia principalmente mulheres em tratamentos contra depressão, ansiedade e dependências químicas;
  7. É possível chegar ao orgasmo com ou sem a participação de um parceiro;
  8. Conhecer o seu corpo e as suas zonas erógenas é o essencial para que você consiga chegar a um orgasmo;
  9. A liberação de alguns hormônios durante o orgasmo ajudam a deixar cabelos e pele mais bonitos;
  10. Não bastando, o orgasmo ainda é excelente para melhorar qualquer humor!

Fique atento para não tornar a solução em problema!

Pesquisas mais aprofundadas já revelaram outros detalhes ainda mais técnicos e que demonstram quanto o orgasmo faz bem à saúde.

Entretanto, chegar lá não pode ser considerado uma obrigação ou uma cobrança que, no final das contas, resulte em pressão psicológica.

Na realidade, essa tensão é um dos principais inimigos do orgasmo, podendo se tornar responsável inclusive por situações de impotência sexual e ejaculação precoce.

Por isso, essa não deve ser uma meta, mas a consequência natural de bons momentos a dois (ou mais pessoas).

A dica é relaxar, aproveitar o momento, usar a criatividade, se permitir e curtir.

Afinal, o que faz bem mesmo à saúde é ser feliz!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *