Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Qual a relação entre doenças cardiovasculares e disfunção erétil?

Qual a relação entre doenças cardiovasculares e disfunção erétil?
FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Muitos estudos demonstram a relação entre doenças cardiovasculares e disfunção erétil. Além de terem os mesmos fatores de risco, foi identificado que a disfunção erétil pode aumentar em até 40% as chances do homem desenvolver alguma doença do coração.

A disfunção erétil é diagnosticada quando o homem tem, frequentemente, alguma dificuldade para ter ereção ou para manter o pênis endurecido e que permita a penetração e uma relação sexual satisfatória.

Homens que já possuem alguma doença cardiovascular também têm mais chances de desenvolverem disfunção erétil. A relação entre elas ocorre, pois o fluxo sanguíneo anormal dificulta a ereção, podendo ocasionar impotência sexual.

Fatores de risco para doenças cardiovasculares e disfunção erétil

Doenças cardiovasculares e disfunção erétil também têm os mesmo fatores de risco, tais como:

  • Altos níveis de colesterol;
  • Obesidade;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Hipertensão;
  • Idade;

Disfunção erétil aumenta risco de doenças do coração

Homens com mais de 45 anos com disfunção erétil podem ser até oito vezes mais propensos a ter insuficiência cardíaca do que os que não têm impotência.

A conclusão de uma pesquisa da Universidade Nacional da Austrália, publicada no periódico PLoS Medicine em 2013. A pesquisa se baseou em dados coletados entre 2006 e 2009 de 95.000 homens com mais de 45 anos.

Segundo a pesquisa, esses homens com disfunção erétil também têm:

  • Risco 92% maior de apresentar doença arterial periférica (estreitamento das artérias nas extremidades inferiores).
  • Risco 66% maior de sofrer um ataque cardíaco;
  • Risco 60% maior de desenvolver doença isquêmica do coração.
  • Risco de morte por qualquer causa é quase duas vezes.

Disfunção erétil: alerta para outras doenças

A Disfunção Erétil é especialmente importante de ser diagnosticada por estar relacionada a riscos de outras doenças subjacentes, principalmente as cardiovasculares, como infarto e derrames (AVC).

Estudos estimam que no Brasil, problemas relacionados à Disfunção Erétil esteja presente em 35% dos homens de até 45 anos. Nos homens com mais de 45 anos atinge 58% e chega a mais de 75% nos homens acima de 70 anos de idade.

Comece o tratamento para Disfunção Erétil

O tratamento da UroClinic é realizado por médicos especializados em saúde masculina, o que permitirá que a disfunção sexual do paciente seja avaliada e tratada, com o objetivo de garantir uma solução permanente para a dificuldade.

A UroClinic, através da Telemedicina,  traz para seus pacientes a maior novidade no tratamento de disfunções sexuais. É um tratamento eficaz e seu uso é fácil.

Feito através da aplicação do SPRAY SUBLINGUAL. Ou seja, basta borrifar abaixo da língua o spray, que possui uma fórmula específica para tratar seu problema.

Faça nossa Avaliação Médica Gratuita e Online e descubra como é possível ter o desempenho sexual que sempre desejou.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *