Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Sangue na ejaculação é motivo para preocupação? Quais são as causas?

sangue na ejaculação

A presença de sangue na ejaculação é um sinal que desperta muitas preocupações nos homens – o que é compreensível.

A hematospermia ou hemospermia, nome técnico dado a essa condição, pode ter diferentes causas, mas trata-se de fato bastante raro. Para se ter uma ideia, estima-se que somente 1% dos homens passe por essa situação.

De uma maneira geral, a presença de sangue na ejaculação não é grave, especialmente para os homens com menos de 40 anos de idade. No entanto, a hemospermia pode, sim, ser sinal de alguma condição mais grave de saúde.

Por isso, nos primeiros dias após constatar a presença de sangue, é importante que o homem acompanhe como a situação se desenvolve e preste atenção em outros sintomas que possam vir a aparecer.

De uma maneira geral, recomenda-se que, caso o sangue demore mais de 3 dias para desaparecer do sêmen, o homem procure consultar-se com um médico para identificar a causa do problema e, se necessário, iniciar o tratamento mais adequado.

A seguir, confira as 8 principais causas para a hematospermia e o que fazer caso ela aconteça. Acompanhe!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Sangue na ejaculação: 8 possíveis causas

1. Biópsia da próstata

A biópsia é um exame invasivo realizado quando há suspeita de câncer de próstata. Para isso, o médico utiliza uma agulha para retirar uma amostra de tecido do órgão.

Como consequência do exame, pode acontecer o rompimento de pequenos vasos sanguíneos na região. Como a próstata é responsável pela produção do líquido prostático, que vai ajudar a formar o sêmen, pode haver a presença de sangue na ejaculação.

Vale ressaltar que é comum que homens que tenham feito biópsia da próstata apresentem quadros de hemospermia entre 2 e 4 semanas após o exame. Se o sinal persistir por mais tempo ou vier acompanhado de febre alta, é preciso procurar o médico imediatamente.

Leia mais: Exame de próstata: preconceito ainda evita que homens se submetam ao diagnóstico

Câncer

Apesar de ser uma das causas mais raras para a presença de sangue na ejaculação, o câncer não é uma possibilidade que deva ser descartada imediatamente, especialmente após os 40 anos.

Alguns tipos de câncer que afetam a região genital, como câncer de próstata, bexiga ou testículos, podem causar sangramentos. Homens que tenham histórico familiar de cânceres semelhantes devem ficar atentos e, caso o sangramento persista, procurar um médico.

Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

Embora seja raro, a presença de sangue na ejaculação pode estar relacionada a infecções causadas por DSTs, como clamídia, gonorreia e herpes genital.

Além da hematospermia, é preciso que o homem fique atento a sintomas como corrimento peniano, dor ao urinar ou ejacular e febre. Caso isso aconteça, é fundamental consultar um urologista.

Hipertensão

Homens que sofrem com pressão alta também podem apresentar sangue na ejaculação. Isso porque a hipertensão pode dilatar e acabar rompendo pequenos vasos sanguíneos na região do sistema reprodutor masculino, sobretudo nas vesículas seminais.

Inflamações na próstata ou nos testículos

São as causas mais comuns para a presença de sangue na ejaculação. Vale lembrar que processos inflamatórios causam irritações na mucosa, o que aumenta o fluxo de sangue e leva ao inchaço de glândulas e ductos.

Caso a hemospermia venha acompanhada de sintomas como febre, dor na região genital ou inchaço nos testículos, é preciso consultar um urologista com urgência, pois pode se tratar de uma prostatite ou epididimite.

Pancada ou esforço físico exagerado

Lesões e traumas na região genital, como uma bolada ou um esforço físico muito intenso, podem causar o rompimento de pequenos vasos sanguíneos no pênis e até mesmo na bolsa escrotal.

Caso detecte sangue na ejaculação, é importante procurar por sinais de inchaço, vermelhidão ou hematomas, bem como zonas que estejam mais sensíveis. No entanto, nesses casos, a hematospermia costuma ser passageira e desaparecer em até 3 dias, sem qualquer necessidade de tratamento.

Próstata aumentada

Outra possível causa para a hemospermia é a hiperplasia prostática benigna ou próstata aumentada, como é conhecida. Trata-se de um problema frequente em homens com mais de 50 anos de idade.

Nesses casos, a presença de sangue na ejaculação merece ainda mais atenção de quem se encontra nessa faixa etária. O que acontece é que, ao aumentar de tamanho, a próstata pode aumentar a pressão sobre a bexiga e a uretra, o que pode causar sangramentos.

Deve-se acender o sinal de alerta caso o sangue no sêmen venha acompanhado de sintomas como dor ou dificuldade ao urinar e incontinência urinária.

Uso de remédios anticoagulantes

Medicamentos com efeito anticoagulante, como a Aspirina, podem aumentar o risco de pequenos sangramentos em microvasos da região genital, fazendo com que haja sangue na ejaculação.

Se em até 3 dias o sangue não desaparecer do esperma, é preciso marcar uma consulta com um especialista e levar todos os medicamentos que se está tomando.

Agora que você sabe mais sobre as causas de sangue na ejaculação, não espere mais! Realize nossa Avaliação de Saúde Gratuita Online e veja se está apto para fazer algum de nossos tratamentos. E para seguir se informando, visite o blog da UroClinic Telemedicina e confira outros artigos exclusivos que preparamos para você!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *