Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Saúde do homem: por que eles se cuidam menos?

saúde do homem

Segundo dados do Ministério da Saúde, as mulheres vivem, em média, sete anos a mais do que os homens. Mas o que explica essa diferença? Parte da resposta está nos cuidados com a saúde.

De acordo com um levantamento do Centro de Referência em Saúde do Homem, 50% das pessoas do sexo masculino só procuram um médico quando apresentam algum sintoma que atrapalhe sua rotina. Resultado: a maioria dos homens chega ao consultório com doenças em estágios avançados, em que é necessário intervenção cirúrgica.

Para se ter uma ideia da diferença de cuidados com a saúde entre os sexos, somente em 2017, os homens fizeram 80 milhões de consultas a menos que as mulheres, aponta o Ministério da Saúde. Além disso, de todos os homens que de fato procuram serviços de saúde, 70% deles o fazem por influência da mulher ou dos filhos.

Dados como esses são muito preocupantes, uma vez que diminuem as chances de recuperação do paciente e impedem o diagnóstico precoce de doenças e outras complicações, fator que aumenta consideravelmente as taxas de sucesso do tratamento. Mas por que os homens cuidam menos da sua saúde? Que fatores fazem com que eles evitem ir ao médico? Acompanhe e descubra!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Saúde do homem: por que eles se cuidam menos?

Existem diversos fatores que ajudam a explicar a resistência do sexo masculino aos cuidados com a saúde. Dentre os principais, destacam-se o preconceito, o medo de descobrir doenças e os diferentes tabus ligados à masculinidade.

Leia mais em: 5 dicas essenciais para homens que querem envelhecer com saúde

Para se ter uma ideia, a pesquisa do Centro de Referência em Saúde do Homem mostrou que, dentre os motivos apontados pelos homens para não procurarem tratamento médico periódico, está a sensação de invulnerabilidade a doenças.

Além disso, segundo o especialista Romeu Gomes, da Fundação Oswaldo Cruz, em entrevista à revista Superinteressante, “os homens costumam associar consultórios médicos com um lugar de crianças, mulheres e idosos”.

Mas os tabus não acabam por aí. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos (outro país em que a saúde do homem é negligenciada), homens evitam ir ao médico para não serem julgados como fracos ou dependentes.

A pressão pela afirmação da masculinidade faz com que os homens descuidem também da alimentação, levando-os a consumir menos vegetais, frutas e hortaliças que as mulheres.

Por fim, outro fator importante a ser considerado são a cultura brasileira e a forma como os meninos são criados. Enquanto as mulheres têm sua primeira consulta na adolescência — geralmente com um ginecologista, logo após a primeira menstruação —, a saúde do homem não recebe o mesmo tipo de atenção. Não à toa, a maioria dos indivíduos do sexo começa a consultar-se com um médico por volta dos 40 ou 50 anos.

Leia também: Como viver mais: 7 dicas simples de saúde para homens que querem viver mais e melhor

Tudo isso os leva a criar barreiras na hora de identificar sintomas e assumir que algo está errado.

Principais cuidados e exames para a saúde do homem

Além da resistência em comparecer ao médico, outro fator coloca em risco a saúde do homem: a falta de conhecimento. Muitas pessoas desconhecem o próprio corpo e também os tipos de exames que podem realizar para manter a saúde em dia. Abaixo, listamos os principais cuidados com a saúde do homem:

Prevenção

A mistura de falta de informação e de cuidados com a saúde formam uma verdadeira bomba-relógio: nos homens, as taxas de obesidade, alcoolismo e tabagismo são mais elevadas que nas mulheres.

Além disso, outras doenças que afetam os homens são: hipertensão, problemas cardiovasculares, nos rins, na bexiga e no pulmão, sem falar do câncer de próstata, que é o segundo tipo mais comum no sexo masculino, atrás somente do câncer de pele.

Nesse contexto, a prevenção é a melhor alternativa. A realização anual de check-ups, especialmente após os 40 anos de idade, é fundamental para o diagnóstico e tratamentos precoces.

Veja mais em: 4 hábitos que melhoram a qualidade de vida e saúde do homem

Autoexame

Muitos homens sequer sabem que também podem realizar autoexames para identificar possíveis problemas de saúde. Um deles é o autoexame testicular, que consiste em apalpar os testículos e verificar quaisquer alterações, como a presença de nódulos ou crescimento anormal da região.

O outro é o autoexame de mama. Embora seja raro, homens também podem desenvolver tumores nessa parte do corpo e é necessário prestar atenção à presença de caroços e outras alterações.

Exame de próstata

Um dos principais cuidados com a saúde do homem deve ser com a próstata. Por meio do exame de PSA em conjunto com o toque retal, o médico pode identificar anormalidades na próstata, como crescimento benigno ou câncer. O recomendado é que os exames sejam feitos anualmente após os 45 anos de idade, favorecendo o diagnóstico precoce e facilitando o tratamento.

Colonoscopia

Especialmente importante após os 50 anos de idade, a colonoscopia é fundamental para ajudar na identificação precoce de casos de câncer no reto e intestino grosso. Trata-se de um tipo comum de câncer, ligado, dentre outras coisas, a fatores como tabagismo, alimentação e consumo exagerado de álcool.

E você, quando foi a última vez que se consultou? Não espere mais e realize nossa Avaliação de Saúde Gratuita Online e veja se está apto para fazer algum de nossos tratamentos!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *