Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Síndrome metabólica e problemas de ereção estão relacionados?

síndrome metabólica e problemas de ereção

Problemas de ereção são uma grande preocupação para os homens e podem afetar gravemente sua qualidade de vida. Segundo pesquisas da Sociedade Brasileira de Urologia, quase metade dos homens com mais de 40 anos apresentam queixas relacionadas à ereção.

Esses problemas podem ocorrer por diversos fatores, entre eles a chamada síndrome metabólica, que pode trazer prejuízos à saúde do homem e comprometer sua vida sexual. Neste post, saiba mais sobre a relação entre síndrome metabólica e problemas de ereção, suas complicações e como é feita a prevenção. Acompanhe!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Ler mais

Alcoolismo e disfunção erétil: qual a relação?

Alcoolismo e disfunção erétil: qual a relação?

Descubra qual é a relação entre alcoolismo e disfunção erétil.

A bebida alcoólica age diretamente sobre o sistema nervoso central, afetando os reflexos. Em pequena quantidade o álcool proporciona uma sensação de relaxamento e até uma certa desinibição.

Então podemos dizer que em pequenas quantidades ele não afeta a função erétil do homem. Mas essa relação fica bem diferente quando o consumo de álcool é excessivo e se torna uma doença. Aí sim ele afeta o desempenho do homem na cama.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Alcoolismo e disfunção erétil

Consumido em quantidade, o álcool transforma-se num sério problema. Neste caso, ele funciona como depressor e inibidor do processo fisiológico do ato sexual. O abuso de bebidas alcoólicas pode acabar com qualquer clima sensual e provocar graves problemas de saúde.

Segundo pesquisas, a ingestão excessiva de álcool ocasiona problemas de ereção em 2/3 dos homens que consomem álcool de forma exagerada.

De modo geral, a bebida alcoólica, consumida sem moderação e com irresponsabilidade pode trazer sérios transtornos para quem a consome. Ela provoca o envelhecimento precoce e compromete a libido e a capacidade de ereção, prejudicando sensivelmente a qualidade de vida sexual do indivíduo.

Álcool e as relações sexuais

O álcool também é muito usado pelos jovens que o consideram importante para aumentar a coragem na hora da paquera, da primeira abordagem, do primeiro contato.

Uma questão importante que é preciso ser abordada sempre é que os adolescentes depois de ingerirem bebidas alcoólicas ficam mais descuidados com relação ao sexo.

Empolgados, muitos deles esquecem de usar preservativo, aumentando dessa forma o risco de contraírem doenças sexualmente transmissíveis. O que certamente é bastante prejudicial para a saúde tanto de homens quanto de mulheres.

Como resolver a disfunção erétil

Se o alcoolismo é um dos fatores de risco que está causando a disfunção erétil, certamente o primeiro passo é então buscar um tratamento adequado para ajudá-lo a parar de consumir bebidas alcoólicas em excesso.

O segundo passo é buscar um tratamento específico para a disfunção erétil. Nesse caso, você pode conhecer mais detalhes sobre o tratamento para impotência sexual com spray sublingual.

Comece realizando nossa Avaliação Médica Gratuita e descubra o melhor tratamento para você.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Gostou desse conteúdo? Então aproveite para dar sua opinião!

Sono: saiba qual é sua importância para o bem-estar e para saúde sexual masculina

sono-casal-dormindo

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Durante o sono, o organismo realiza funções importantíssimas com consequências diretas à saúde. Ele fortalece o sistema imunológico, libera a secreção de hormônios, como o de crescimento e insulina, consolida a memória, deixa a pele mais saudável, além relaxar e descansar a musculatura. Ou seja, ele tem uma influência direta no seu bem-estar.

A má qualidade do sono pode trazer diversos problemas para a saúde, inclusive para a vida íntima. Na medida em que você dorme mal, você tem alterações de humor e cansaço, por não repousar o suficiente. Pessoas que têm distúrbios do sono sofrem com a iminência de doenças que vão da depressão à obesidade.

Nos homens, além de afetar o bem-estar e a saúde em geral, a má qualidade do sono também influencia negativamente o desempenho sexual. A falta de uma rotina de sono adequada mantém elevados os níveis sanguíneos de adrenalina, o que pode provocar vasoconstrição, dificultando a chegada adequada de sangue e manutenção da ereção peniana.

De acordo com um estudo feito pelo Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), homens que dormem mal têm três vezes mais chance de apresentar disfunção erétil do que aqueles que dormem regularmente bem. As mulheres também sofrem com disfunções sexuais ligadas à qualidade do sono, causadas por alterações hormonais.

Segundo um estudo da Universidade de Chicago, Estados Unidos, homens que dormem menos de cinco horas por noite têm a produção de testosterona reduzida em cerca de 15%. Noites de sono tranquilas e com um tempo médio de 8 horas irão ajudar seu organismo na produção de testosterona. Isso ocorre porque é enquanto você dorme que os níveis hormonais são estabilizados.

Dicas para melhorar a qualidade do seu sono

Ler mais