Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9921-0219

Testosterona baixa: sinal de alerta para o homem

testosterona baixa

A testosterona é um hormônio presente no corpo dos homens e das mulheres. Nos homens, ela é produzida pelos testículos e nas mulheres pelos ovários. Mesmo estando no organismo de ambos, é encontrada em quantidades bem maiores no corpo do homem, sendo considerada o principal hormônio masculino. A testosterona baixa costuma provocar alterações corporais, por isso é muito importante estar atento aos sintomas.

A testosterona influencia o comportamento, o desempenho sexual e também algumas características físicas do homem, como o desenvolvimento dos órgãos reprodutivos, próstata e testículos. Na puberdade, auxilia no processo de crescimento, desenvolvimento da voz e aumento dos pelos corporais, como nas axilas e no rosto, além da produção de espermatozoides.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO MÉDICA GRATUITA

Um nível equilibrado de testosterona é muito importante para a saúde masculina, pois é fundamental para diversas funções orgânicas e características físicas, como o aumento da massa muscular e da densidade óssea e pelo desejo sexual. O hormônio também contribui para a regulação do sono e diminui os níveis de estresse.

Se em níveis bons e equilibrados o hormônio está ligado a vários benefícios, níveis desequilibrados (baixo ou muito alto) trazem complicações para o corpo do homem. Como aumento da gordura corporal, perda de massa muscular, distúrbios no sono, cansaço, estresse, diminuição da libido e possível impotência sexual (disfunção erétil).

A testosterona baixa no corpo do homem pode acontecer por vários motivos, mas os mais comuns são pelo envelhecimento, obesidade, uso de remédios esteroides e o estresse.

Nível alto de testosterona

O organismo não produz testosterona além do necessário, então o corpo somente fica com nível muito alto se houver o consumo de esteroides anabolizantes, hormônios sintéticos que imitam a testosterona, sem a devida indicação médica.

Na maioria dos casos, os anabolizantes são utilizados com o intuito de criar mais massa muscular, contudo, podem trazer complicações ao organismo se não houver prescrição médica. Os efeitos colaterais são bem diversos, podem variar desde dores de cabeça à ginecomastia (crescimento dos mamilos).

Com acompanhamento médico, os anabolizantes podem ser usados em casos que a produção do hormônio é abaixo do normal. É realizado uma reposição hormonal com o intuito de deixar um nível equilibrado no organismo.

Nível baixo de testosterona

Com o passar dos anos, naturalmente o organismo vai produzindo menos testosterona. De acordo com algumas pesquisas, pode-se verificar que, após os 40 anos, a produção do hormônio é reduzida em média 1% a cada ano.

Incluir a dosagem de testosterona nos exames de sangue de rotina  a partir dos 40 anos é uma boa maneira de ir acompanhando o nível do hormônio no seu organismo. Se há uma baixa dosagem, já é um alerta de problemas hormonais futuros, podendo até mesmo realizar uma prevenção do problema com acompanhamento médico ou mudar alguns hábitos e estilo de vida para que seu organismo produza mais testosterona.

Saber que a queda da produção é natural com o passar dos anos não precisa fazer com que você se acomode nessa situação. Converse com um médico para analisar soluções para estabilizar o hormônio em seu organismo. Geralmente, isso é realizado a partir de métodos de reposição hormonal e mudanças de hábitos de vida.

Quer saber mais? Então leia também: Testosterona e disfunção erétil: a baixa testosterona tem relação com a impotência sexual?

Sintomas

A testosterona baixa no organismo masculino influencia no funcionamento de diversos órgãos. Nem todos sentem as mesmas alterações no dia a dia, mas os sintomas mais comuns são: 

  • Redução da libido
  • Dificuldade de ereção
  • Volume menor de sêmen
  • Perda de massa muscular
  • Osteoporose
  • Perda de cabelo
  • Fadiga
  • Aumento da gordura corporal
  • Mudanças de humor

Para conhecer mais sintomas, leia este artigo: Os 7 sinais de baixa testosterona que você precisa conhecer

Causas

Além da questão da idade, outros fatores podem realizar a queda na produção da testosterona, como hábitos e estilo de vida considerados não saudáveis. Alguns dos principais são: 

Idade: embora a testosterona baixa possa afetar homens jovens, a diminuição mais comum começa a acontecer entre 30 e 40 anos. Se você sente os sintomas listados acima, é bom consultar um médico e avaliar o seu nível do hormônio.

Leia também: Por que a Testosterona diminui com a idade?

Qualidade do sono: é durante o sono profundo que o organismo produz mais testosterona. Por isso é tão importante dormir bem para aumentar os níveis do hormônio.

Doenças crônicas: doenças como diabetes e obesidade contribuem para a queda de testosterona. O corpo precisa estar em equilíbrio para produzir o hormônio da maneira certa.

Bebidas alcoólicas, alimentos processados e abuso de cigarro: todos esses fatores influenciam para a queda, por isso é importante moderação quanto a ingestão de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas, bem como evitar o cigarro.

Estresse: o estresse no organismo gera a produção de cortisol, hormônio que vai de encontro a testosterona. Ou seja, quanto maior o nível de cortisol, menos o nível de testosterona.

Tratamento: mude os hábitos e estilo de vida

Manter os níveis de testosterona normais é essencial para uma vida mais produtiva. Isso refletirá no seu vigor físico e emocional, pois a testosterona é o hormônio mais importante do corpo masculino.

Mudar seus hábitos pode ser uma ótima maneira de recuperar sua qualidade de vida. No entanto, se identificar muitos sintomas relacionados à baixa produção do hormônio, a melhor dica é procurar um médico para identificar as causas da redução e como reverter o problema.

Quer mais dicas para aumentar os níveis de testosterona? Então clique aqui!

Possui problemas relacionados à falta de libido e de disfunção sexual? Então realize uma Avaliação Médica Gratuita da Uro Clinic.

Um comentário em “Testosterona baixa: sinal de alerta para o homem

  • 05/09/2017 em 11:44
    Permalink

    Bom dia, iniciei a. Sublingual. Ontem. Com a Lizandra. Está testerona interessante. ABS

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *