Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

Torção do pênis: o que é, o que fazer e como tratar a lesão

torção do pênis

Você já ouviu falar de torção do pênis? Você sabia que é possível que isso aconteça? Popularmente chamado de “fratura”, esse é um quadro que causa muita dor ao paciente e pode comprometer sua vida sexual.

Neste post, veja o que é torção do pênis, como ela acontece, o que fazer, quais são os sintomas e como é feito o tratamento. Acompanhe!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

O que é e como acontece a torção do pênis?

A torção do pênis é um evento extremamente raro e doloroso para o homem. Estudos apontam que, em média, apenas 1 em cada 100 mil homens sofrem com esse tipo de traumatismo.

Embora alguns casos possam acontecer durante a masturbação ou por algum acidente durante o sono – como rolar na cama durante uma ereção noturna – estima-se que até 80% dos casos aconteçam durante a relação sexual.

A posição sexual considerada mais propícia para esse tipo de lesão é quando o homem está deitado e a mulher senta-se sobre o parceiro. Na maioria dos casos, a torção acontece quando o pênis sai da vagina durante a penetração e, quando o homem tenta inseri-lo novamente, choca-se contra o quadril da parceira, fazendo com que o pênis dobre de uma forma brusca e acentuada.

Por essas características, a torção do pênis é mais comum em homens jovens e que praticam atividade sexual de forma mais vigorosa. Vale ressaltar que a lesão só acontece quando o pênis estiver ereto. De fato, boa parte dos quadros observados ocorre quando não há uma ereção completa, o que favorece o dobramento do órgão.

Quais são os sintomas e que deve ser feito?

Assim que a torção do pênis acontece, muitos pacientes relatam ouvir um estalo seguidos de dores fortes e perda instantânea da ereção. Em seguida, é comum que haja inchaço e aparecem hematomas na região da lesão e/ou na bolsa escrotal. Além disso, em casos graves, podem ocorrer lesão da uretra e consequente presença de sangue na urina.

O estalo a que muitos pacientes se referem não se trata de uma fratura, uma vez que no pênis não há ossos, mas sim da ruptura da chamada túnica albugínea, tecido que reveste as estruturas internas do pênis que recebem o sangue e promovem a ereção.

Ao ouvir o estalo ou sentir qualquer um dos sintomas, é fundamental que o homem procure imediatamente um pronto atendimento, pois é preciso analisar a gravidade e a extensão da lesão. Se possível, enquanto encaminha-se para o atendimento, o paciente pode colocar gelo na região.

Diagnóstico, tratamento e possíveis complicações

O diagnóstico da torção do pênis é feito por meio de exames físicos e do relato do paciente. Exames como ultrassonografia, ressonância magnética, raio-X, cavernosografia e uretrocistografia podem ser requisitados para avaliar o trauma e os danos causados à uretra e outras estruturas.

O tratamento para torção do pênis é cirúrgico na maioria dos casos. É preciso que o paciente procure imediatamente um atendimento médico, pois quanto mais cedo for feita a reparação dos tecidos afetados, melhores são a recuperação e os resultados. O ideal é que a cirurgia seja feita em, no máximo, três dias após o trauma.

Durante a recuperação, é importante que o homem aplique gelo no local e tome medicamentos que inibam a ereção noturna involuntária. Também pode ser recomendado o uso de antiinflamatórios e antibióticos, além de analgésicos. Por fim, é fundamental evitar qualquer atividade sexual entre 4 e 6 semanas.

Caso a torção do pênis seja negligenciada pelo paciente, uma série de complicações podem surgir. Entre elas, deformidade permanente do pênis, alterações na curvatura, dor na ereção e até mesmo disfunção erétil, uma vez que o tecido cicatricial que se forma com a ruptura dos tecidos pode atrapalhar a chegada do sangue até o pênis.

Agora que você sabe mais sobre a torção do pênis, não espere mais! Realize nossa Avaliação de Saúde Gratuita Online e veja se está apto para fazer algum de nossos tratamentos.

E para seguir se informando, visite o blog da UroClinic Telemedicina e confira outros artigos exclusivos que preparamos para você!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *