Entre em contato pelo 0800 591 9059 ou pelo whatsapp (48) 9 9614-7530

E aí, será que alguma técnica para o aumento de pênis funciona?

Aumentar o pênis funciona

A quantidade de buscas por informações no Google demonstram que tamanho importa sim; mas será que alguma técnica para o aumento de pênis funciona?
Não é segredo para ninguém que para a maioria dos homens e uma pequena parte das mulheres esse detalhe pode contar bastante.

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Na internet as promessas e soluções são incontáveis. Não há dúvidas de que a busca para conseguir alcançar o “número ideal” mexe bastante com a confiança, a autoestima e até com o desempenho sexual dos homens.

Por esse motivo, é importante investigar as opções existentes no mercado; quais técnicas são realmente eficazes; quais são os possíveis resultados e em quais casos esse objetivo realmente faz sentido.

Estar insatisfeito é um estado muito comum entre os seres humanos, mas é preciso ter cuidado ao tentar modificar as estruturas do seu corpo mantendo a segurança.

Necessidade versus Vaidade

Em um cenário muito raro, 1 a cada 200 meninos nascem com uma condição chamada de micropênis. Por medir menos de 2,5 cm o órgão genital masculino é considerado um desses casos.

Apesar de manter sua funcionalidade normalmente, essa mutação genética pode gerar bastante incômodo, principalmente no início da adolescência, durante a puberdade; trazendo possíveis traumas para a vida adulta.

A dúvida se o aumento de pênis funciona normalmente nasce aí, despertando muitas vezes a necessidade de apoio psicológico. E, ao contrário do que possam imaginar, é sim completamente possível ter uma vida sexual ativa e satisfatória; sem qualquer precisão de tratamentos.

Entretanto, na fase adulta a sensação de insatisfação e até a infertilidade podem aflorar, sendo possível revertê-los. Sob o acompanhamento de um grupo de especialistas, dentre eles urologista, endocrinologista e psicólogo, o tratamento de reposição hormonal e até uma cirurgia de reconstrução ou aumento de tamanho podem ser as melhores alternativas.

Consequente de uma baixa produção de testosterona, um dos tratamentos pode ser realizado com o intuito de restituir esse importante hormônio masculino e outros hormônios de crescimento.

Leia também: 6 dicas para uma vida sexual satisfatória depois dos 50 anos
Testosterona baixa: sinal de alerta para o homem
Os 7 sinais de baixa testosterona que você precisa saber

Remédios para crescimento peniano

Agora já sabemos que, de fato, cirurgia para o aumento de pênis funciona! Mas e os remédios? Será que o seu uso tem resultados comprovados?

O que não faltam são opções. Pílulas, comprimidos, vitaminas, cremes, géis, produtos e soluções caseiras… como eles agem no organismo? Quais cuidados são necessários?

Órgãos reguladores como o FDA (Food and Drug Administration) que inspecionam drogas e alimentos nos Estados Unidos, advertem o consumo de medicamentos que garantam aumentar o tamanho do pênis.

Dentre diversas pesquisas realizadas, nenhuma concluiu que qualquer composto químico ou outras “misturas naturais” são capazes de fazer a genital masculina aumentar de tamanho. 

Dependendo das condições de saúde do paciente, o consumo de medicamentos pode acarretar em complicações cardíacas, renais e até agravamento psicológico.

Por isso, a decisão por tomar remédios, sejam eles farmacêuticos ou caseiros, só deve ser considerada a partir de avaliação e validação médica.

Saiba mais: Hábitos que reduzem o nível de testosterona e dicas para estimular a produção do hormônio naturalmente

Exercícios e aparelhos para aumento de pênis funciona?

Algumas técnicas são muito disseminadas, procuradas e vendidas na internet.

Esse é o caso das bombas e extensores penianos, os quais prometem a partir de exercícios e repetições o crescimento do pênis.

Porém, não existem comprovações técnicas e médicas de que esse método para o aumento de pênis funciona.

Não menos importante, fica um alerta de que o uso recorrente desses aparelhos que utilizam de pressão para o suposto exercício de crescimento. Esses dispositivos podem lesionar o pênis e seu tecido elástico, causando perda de firmeza na ereção, problemas de impotência sexual e outros disfunções sexuais.

Portanto, prefira  fazer uma avaliação de saúde e se consultar com o seu médico.

O que os especialistas dizem:

Urologistas e outros especialistas reconhecem que a maioria dos homens que consideram seus pênis pequenos têm, na verdade, o tamanho dentro da média.

Na mais recente pesquisa sobre o assunto, realizado pelo “The Sun” (jornal britânico), rankeou o brasileiro na 21ª posição com relação aos tamanhos médios de pênis dos homens de diversos países.

O registro da média do brasileiro foi de 15,7 cm. No entanto, vale lembrar que comprovadamente o tamanho não interfere no desempenho sexual masculino.

Esse texto pode te interessar: Desempenho sexual masculino: desvendando mitos

Desse modo, a busca para saber se os diversos métodos para aumento de pênis funciona pode, em contrapartida, se tornar arriscado.

Além disso, especialistas também confirmam que na grande parte das vezes a insatisfação com o tamanho do pênis é mais caso psicológico do que médico ou clínico.

Para toda e qualquer iniciativa, recomenda-se uma avaliação de saúde. Somente um médico especialista – seja um urologista ou andrologista – credenciado poderá analisar seu quadro.

Autoconfiança e criatividade podem ser boas alternativas

No final das contas, o sexo de qualidade é feito de várias coisas: desejo, clima, disposição, energia, preliminares e criatividade. Saber usar seus artifícios é muito mais importante do que simplesmente tê-los.

Portanto, uma boa ideia é apostar em criar momentos e ambientes que deixem você e seu parceiro à vontade. Uma boa conversa também pode te deixar mais relaxado, abuse do carinho e do toque, explore novas áreas do corpo, aproveite os sabores e aromas.

Fique atento aos sinais do seu par e não tenha medo de propor coisas novas. Tudo isso, sem dúvidas, proporcionará momentos inesquecíveis.

Dicas que podem ser interessantes:

Mas se a sua queixa for sobre impotência sexual ou ejaculação precoce, aqui você vai encontrar muitas informações para te ajudar a diagnosticar; descobrir possíveis causas e tratar essas disfunções.

Solicite sua avaliação de saúde e tenha o acompanhamento de especialistas para ajudar em seu bem-estar e desempenho sexual.

Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário e nós vamos trazer a orientação que você precisa!

FAÇA AGORA MESMO UMA AVALIAÇÃO DE SAÚDE GRATUITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *